Publicado em Deixe um comentário

Puxada Frontal Com Triângulo: Fortaleça os Ombros e Tríceps 💪

Benefícios da puxada frontal com triângulo

A puxada frontal com triângulo é um exercício que trabalha principalmente os músculos das costas, como o latíssimo do dorso e o trapézio. Além disso, também fortalece os músculos dos braços e dos ombros. Essa variação da puxada frontal é excelente para desenvolver a força e a resistência muscular.

Técnica correta para fazer a puxada frontal com triângulo

Para realizar a puxada frontal com triângulo, siga os seguintes passos:

  1. Sente-se no banco de puxada frontal e segure a barra com as mãos afastadas na largura dos ombros, formando um triângulo com as mãos;
  2. Mantenha as costas retas e os pés apoiados no chão;
  3. Puxe a barra em direção ao peito, mantendo os cotovelos alinhados com os ombros;
  4. Retorne a barra à posição inicial, estendendo completamente os braços.
Veja :   Bíceps Cabeça Longa: Guia para Braços 💪 mais Volumosos e Definidos

Exercícios alternativos para substituir a puxada frontal com triângulo

Caso não seja possível realizar a puxada frontal com triângulo, existem outros exercícios que podem ser feitos para trabalhar os mesmos músculos, como:

  • Puxada frontal com barra reta;
  • Puxada frontal com pegada pronada;
  • Puxada alta com triângulo invertido.

Como fortalecer os músculos com a puxada frontal com triângulo

Para fortalecer os músculos com a puxada frontal com triângulo, é importante realizar o exercício de forma correta e progressiva. Aumentar a carga gradativamente e manter uma boa alimentação também são importantes para obter resultados satisfatórios. É recomendado realizar o exercício de 2 a 3 vezes por semana, com pelo menos 3 séries de 8 a 12 repetições.

Dicas para melhorar a execução da puxada frontal com triângulo

Para melhorar a execução da puxada frontal com triângulo, algumas dicas são:

  • Manter a postura correta durante todo o exercício;
  • Realizar o movimento de forma controlada, evitando balançar o corpo;
  • Concentrar-se nos músculos das costas durante a execução;
  • Utilizar uma pegada firme, mas sem exagerar na força.
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *